terça-feira, 10 de dezembro de 2013

DEPOIS

Quantas coisas a gente vai deixando pra depois?
Quantas desculpas vamos arrumando para não encarar o que realmente temos que fazer?

Passei um período da minha vida vivendo em órbita alheia, cuidando dos outros, e definitivamente, não olhava ao redor.

Logo depois, meu corpo começou a dar sinais de cansaço, um cansaço que não me era comum, um cansaço da ausência de algo que me alimentava, me deixava viva, forte e luminosa.

Depois de tanto falar e falar sobre a vontade de estar nos palcos novamente, depois de achar que não mais trabalharia como atriz no teatro, me chega o convite, e eu disse sim; Simples e concreto. Quanta alegria, quanta satisfação em fazer o que tem que ser feito.

Para conseguir olhar em torno, muitas pessoas passaram no meu caminho, conheci pessoas que me são muito valiosas e tirei dos ombros elefantes que não eram meus... e como pesavam!!!

Voltei a orbitar em torno de mim mesma, a projetar os meus sonhos, conquistar os meus espaços, desfiz os nós e reforçei os laços.

Eterna gratidão.





2 comentários:

Eliana Holanda disse...

Que bom e vc merece ...viver com felicidade essa nova fase de sua vida..que seja mto abençoada! !!

Milene disse...

Te amo nega véia! #maislaçomenosnó